Travels

Por que você deveria viajar sozinho pelo menos uma vez

“Eu não sou muito mas eu sou tudo que tenho” – Philip K. Dick

Viajar sozinho é algo que você provavelmente já deve ter visto em algum filme ou lido em alguma reportagem na internet, como sendo algo que é exclusivo para mochileiros e pessoas super destemidas. Tendo viajado por vários lugares do mundo, eu aprendi que viajar sozinho é muito mais fácil do que parece e pode ser uma experiência incrível e que todo mundo deveria experimentar pelo menos uma vez na vida.

Por que viajar sozinho?

Na maioria das vezes que eu queria ir pra algum lugar específico era muito difícil achar uma companhia que tinha disposição, tempo e/ou dinheiro para fazer o que eu queria. Então eu tinha apenas duas opções: Ficar em casa reclamando que não deu certo ou ir sozinho. E ainda bem que eu escolhi a segunda opção.

Depois de um tempo eu descobri que viajar sozinho não era, e nunca deveria ter sido, minha falta de opção, e sim a minha primeira opção. Desde então, tive tantos aprendizados e histórias pra contar, como as seguintes:

Você faz realmente o que você quer

Viajar acompanhado é legal mas é bem difícil conseguir agradar a vontade de todos, sempre tem aqueles momentos tensos onde um está com fome e quer comer, o outro não quer parar em tal lugar, alguém fica irritado porque você demora 15 minutos pra tirar a melhor foto, outro não gosta de comida tailandesa, um ta cansado, o outro quer sair a noite, e por fim você acaba abrindo mão de muita coisa que queria fazer.
As vezes ser um pouco egoísta é bom pra você mesmo e viajando sozinho você decide tudo, onde quer ir, o que comer, quanto tempo ficar, o quanto quer gastar e isso é maravilhoso. Você trabalhou tanto por esse momento, não tem nada de errado em fazer as coisas do seu jeito, é a sua vida que está passando.

Saindo da zona de conforto

Se você se perder, você vai ter que se encontrar. Se sua mala não chegar ou você perder a conexão, é você que vai ter que falar com a companhia aérea, talvez em outro idioma. Se você precisar de informações você que vai ter falar com desconhecidos, em resumo, qualquer coisa que você queira fazer depende exclusivamente de você e de ninguém mais. Não vai ter ninguém pra você se apoiar psicologicamente ou compartilhar seus medos.

Parece desafiador? Não só parece como vai ser, mas no final tudo vira experiência e você vai ter impulsionado muito sua auto confiança na vida, cultivar sua independência é uma coisa maravilhosa.

Você vai conhecer novas pessoas e fazer novas amizades

Viajar sozinho não significa estar solitário. De fato, em alguns momentos você vai estar só, principalmente fazendo os deslocamentos mas viajar sozinho te permite, se você se permitir, conhecer novas pessoas e fazer novas amizades que você normalmente não teria oportunidade se estivesse viajando acompanhado.

O principal ponto de encontro entre o viajantes solitários são os hotels. Se você não for extremamente antisocial tenho certeza que no primeiro dia você vai conhecer alguém legal e vocês vão sair pra explorar a cidade, comer algo pelo caminho e dar muitas risadas juntos, pode acontecer de você fazer uma amizade incrível que vai durar a vida inteira, independente das distâncias.

Se você acha comer sozinho uma coisa extremamente depressiva, opte por comer em restaurantes que além das mesas, tenha um bar pra se sentar e comer, você com certeza vai puxar um papo ou com as outras pessoas que estão comendo lá ou com o pessoal que trabalha lá. Falar que você está viajando sozinho gera muita curiosidade das pessoas e você vai ter horas e horas de conversa.

Você potencializa o que viajar te proporciona

Viajar tem uma poder enorme sobre nós, você aprende a ser mais tolerante com outras pessoas e outras culturas, você quer aprender novos idiomas, você vai ter novas histórias pra contar, vai rir bastante, vai ter medo, vai assumir mais riscos, vai andar por parques e ruas de bicicleta, você vai aprender mais sobre você mesmo e aprender a amar as coisas que tem e como deixar o planeta um lugar melhor. Estando sozinho você tem mais tempo pra ver a vida a vida sob um ponto de vista diferente, totalmente seu.

Você vai perceber que você é sua melhor companhia e que fazer as coisas sozinho também é ótimo

Conheci muita gente que estava viajando sozinho pela primeira vez, e depois descobri que essas pessoas além de terem adorado a experiência e garantirem que vão fazer novamente, aprenderam a curtir mais momentos sozinhos, como por exemplo, ir no cinema sozinho, participar de uma prova de corrida sem esperar que alguém corra junto, pedir mesa pra um no restaurante, etc.

Principalmente, as pessoas aprendem que não precisam esperar por ninguém pra fazer aquilo que querem, a vida é curta e você é sua melhor companhia.

Ainda não se convenceu? Assista esses filmes:

Into the Wild / Na Natureza Selvagem

Eat Pray Love / Comer Rezar Amar

“A solidão é uma condição humana. Cultive-a. O modo que ela penetra em você permite a sua alma crescer. Nunca espere superar a superar a solidão. Nunca espere encontrar alguém que vai te entender, alguém que vá preencher aquele espaço. Uma pessoa inteligente, sensível é a exceção, a maior exceção. Se você espera encontrar alguém que te entenda, você vai cultivar uma frustração mortífera. O melhor jeito que você vai encontrar é entender a você mesmo, saiba o que você quer, e não permita que o rebanho fique no seu caminho” – Janet Fitch

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Rafael Quevedo
    08/24/2016 at 12:19

    Eu demorei tanto para descobrir tudo isso e, depois que a gente descobre, é uma sensação de liberdade única. Não podemos negar que uma companhia agradável e que te entenda é sempre bem-vinda mas o erro é esperar e depender dessa pessoa para que você vá atrás do que quer e da sua felicidade. Muito motivador o texto, parabéns Carlos.

  • Leave a Reply